quarta-feira, 1 de junho de 2011

A ponte entre nós

Deus dá uma visão de algo que devemos alcançar. Ele diz para corrermos atrás dela sem mesmo olharmos para trás. Desde que aprendi que minha vida com Deus seria assim tenho vivido as experiências mais loucas com Ele.
Fé. A ponte entre dois lugares. De um lado, eu. Do outro, Deus. Ele diz-me: “Vem cá”. E eu quero ir, contudo um grande abismo está entre nós. É cada vez mais simples seu falar ao dizer “vem”, mas o medo e a falta de ver algo material, e nesse caso uma ponte, mata a experiência de fé que Ele quer dar.
Uma vez tive uma visão. Dois lados divididos por um abismo. Poucos dias depois vi um comercial com aquele mesmo cenário, e uma ponte que se formava a partir do momento que um personagem passava ao som de uma música que dizia que a fé não falhava.
Mas fé em quem? Crer no Deus invisível já é motivo de fé. Muito maior é crer que Ele deu seu Filho para morrer por nós.
A fé em Deus impulsiona-nos para frente. Quem lança mão do arado e olha para trás deixa de ser digno Dele. Quando Ele concede um propósito profético é para que não olhemos para o antes, pois tudo dirá ao contrário daquele alvo. Até amigos de longe duvidarão, e dirão que tudo não passa de um devaneio da sua mente. Ria. Aquele que tem a visão do alto ri das bobagens das bocas incrédulas, pois se sabe que nada é mais forte que a Rocha Eterna.
Sonhe. Sonhe bastante. Todavia passe a ponte e corra aos braços eternos sem hesitar se a ponte estará ou não. Quando tu notares já passou por ela.

 
Vandressa Holanda Gefali
Direto desta geração.

Nenhum comentário: