segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Para que tempestade se Jesus está aqui?


Para quê? Pensei eu quando sai para almoçar nesse dia quente de meados de setembro. Há uma paz tão imensa que só Deus pode conceder essa quietude.
Jesus está no meu barco.
O tumulto das águas que me confrontam só respinga no meu rosto ao bater da borda do meu barco da vida. Jesus está sempre aqui, dormindo... Querendo que eu apenas use da autoridade que Ele me deu de fazer calar as muitas águas.
Que as águas se calem! Cala-te turbilhão!
Não tem como eu me preocupar, não alcanço tal posição. Não sei por que às vezes faço dela uma armadura, sendo ela verdadeiramente frágil e em nada me protegerá. Se Jesus dorme no barco, eu dormirei também.
Eu ando e durmo na sua paz que excedeu meu entendimento. Isso já não se pode explicar, só posso viver e ensinar a muitos que assim vivam, porque assim é mais gostoso viver.
Vandressa Holanda Gefali
Direto desta geração.

Nenhum comentário: