segunda-feira, 28 de março de 2016

O "Challenge"

O que Abraão viveu por um momento de sua vida, de sair do meio de sua parentela e ir para uma terra desconhecida, talvez eu saiba, enfim, o que ele viveu. Já desmontei a minha tenda várias vezes, mas desfazer da tenda e puxar o carro, essa é nova para mim.
Não pense que me entristeço. Nasceu um desafio. Todas as coisas em que me apegava, apagaram-se como pó e tudo que eu quero, é ir. Não há medo. Olha o desafio.
A aparência disso é como se eu pudesse pular de um abismo para o outro no Grand Canyon, pegar um barril e saltar o Niagara, ou mergulhar profundo como nunca mergulhei.
Não há medo, meu amor.
Então, vi-me na trilha. Eu não vi o que estava adiante de mim. Um anjo, com um galho comprido na mão traçou para mim um caminho a seguir. Aquele caminho que não via, aonde não havia caminho, ele pegou uma enxada e foi abrindo para eu passar. Então veio o refrigério, aquele mesmo vento geladinho que nos veste como uma camisola num dia quente de verão.
Eu estou no “challenge”.
Para bem falar, nessa trilha muito louca, tenho só um par de botinhas, uma lata de energético e um belo sorriso nos lábios pintados com um batom rosa mate, para arrasar.
Ah! Mas você não sabe! Quem disse que não vou levar bagagem? Tem um monte dentro de mim. Essa não é a primeira trilha da minha vida, nem serás a última.
Nessa jornada a correr, eu só posso ouvi-lo por detrás de mim, quer seja à esquerda ou à direita:
“Esse é o caminho. Andai por ele”.

Vandressa Holanda Gefali

Direto desta geração.

2 comentários:

Anônimo disse...

Novas trilhas...nunca só!

Afonso Ragazzo disse...

😢😢😢😢😢